Skip to main content

Cítricos com Campari e Iogurte Grego Caseiro de Baunilha

Uma sobremesa simples, linda e deliciosa. Gomos perfeitos de frutas cítricas (ou supremes, no bom gastronomiquês) são embebidos em Campari, e formam uma calda doce, amarga e levemente alcoólica. Já o iogurte é cremosíssimo, porque é drenado para virar iogurte grego de verdade. Firme, doce e ainda perfumado com baunilha.

As sobremesas que incluem um tipo de fruta em calda e um tipo de creme são, na minha opinião, as mais perfeitas e elegantes para servir depois de um almoço ou jantar em um dia quente de primavera ou verão. E essa versão aqui é uma das minhas preferidas.

Outra versão desse combo fruta+bebida+creme é essa sobremesa de Abacaxi, Whiskey e Iogurte. O creme de iogurte é o mesmo, e ainda adiciono umas amêndoas glaceadas para dar um crocante a mais.

Por que drenar o iogurte? Ou como fazer iogurte grego em casa…

O iogurte grego original real-oficial é apenas uma versão muito mais drenada do iogurte integral que temos no Brasil. O soro que sai dessa drenagem é ácido. Por isso o resultado é um iogurte consistente, doce e muito cremoso.

Eu dreno o iogurte natural em casa, ou seja, faço iogurte grego, sempre que quero usar o iogurte em sobremesas, como essa, ou também quando faço receitas salgadas como o Tzatziki, pasta grega de iogurte, pepino e dill, ou essa Salada de Beterrabas e Queijo de Cabra.

Como fazer: deixe o iogurte drenando em um filtro de café, dentro da geladeira, por algumas horas. De um dia para o outro é o ideal. Ele vai ficar cremoso, firme, doce e delicioso. O soro que sobra desse processo dá pra usar também. Como ele é cheio de proteína (alô marombeiros), você pode usar ele em vitaminas, sopas ou até marinar pedaços de frango (deixa ele super macio e suculento).

Cítricos com Campari e Iogurte Grego Caseiro de Baunilha

Rendimento 4 porções

Ingredientes

  • 2 laranjas bahia
  • 2 toranjas ou grapefruits
  • 1 col. de sopa de açúcar
  • 1 dose de Campari
  • 3 potes iogurte integral, natural, não adoçado (170gr cada pote, 510gr total)
  • 1 fava de baunilha (ou 1 col. de chá de extrato)
  • Despeje o iogurte em um filtro de café com coador de papel. Coloque sobre uma xícara e leve à geladeira, por no mínimo 2 horas. Quanto mais tempo, mais doce e firme. Se quiser pode deixar de um dia para o outro, mas nesse caso adicione um pote a mais de iogurte porque ele vai reduzir bastante. No lugar do filtro também dá pra usar um pano de prato limpo sobre uma peneira.
  • Faça as ‘supremes’ dos cítricos. Corte uma tampa de cada lado, apoie de pé e corte a casca ao redor, retirando toda a parte branca. Com a fruta ‘pelada’, segure-a na mão sobre uma tigela (para não desperdiçar o suco) e retire os gomos usando uma faca afiada, cortando rente à membrana que separa cada um. Os gomos não precisam sair perfeitos. Esprema o bagaço para retirar o suco que sobrar.
  • Adicione o açúcar e o Campari, misture com cuidado e prove. Ajuste se quiser mais doce ou mais álcool. Deixe descansar na geladeira por meia hora.
  • Despeje o iogurte drenado em uma tigela. Descarte o soro. Adicione as sementes de baunilha (ou extrato) e misture bem.
  • Para servir, use bowls pequenos, pratos de sobremesa com bordas altas, taças, copos, o que quiser. Coloque algumas colheradas do iogurte na base, cubra com alguns gomos dos cítricos e umas colheradas da calda que se formou na tigela.
Imprimir

Deixe um comentário