Skip to main content

Estive na Itália em Fevereiro deste ano e passei por 4 regiões. De cada lugar trouxe alguns ingredientes típicos e um vinho local. De volta ao Brasil, fotografei os ingredientes e pesquisei algumas receitas inspiradas nestes lugares para recriar em casa. Esta é a segunda parte: Verona. A primeira parte está aqui.

Verona fica na região do Vêneto, entre Veneza e o Lago de Garda. Romeu e Julieta se passa em Verona, e o turismo local aproveita bastante este fato. Tudo gira em torno da Julieta e do amor e romance. Mas deixando de lado essa parte turística cansativa e sempre inevitável dessas famosas cidades italianas, Verona é uma cidade linda. Pequena e tranquila, com um centro histórico incrível. Prédios em tons de amarelo, laranja e terracota, balcões que se abrem para as pequenas ruas de pedra, pontes sobre o Rio Adige, arenas e teatros romanos.

Em Verona provei carne de cavalo, uma carne super comum lá. O gosto é muito parecido com carne de boi, um pouco mais suave talvez, e bem macia. Além do cavalo, outro ingrediente típico, que escolhi para fotografar, é o Radicchio. Uma folha amarga, com cor de vinho e um desenho lindo. Lá eles usam o radicchio rosso, este que fotografei, e o radicchio trevigiano, ainda mais típico do Vêneto, com suas folhas duras que parecem tentáculos brancos. Infelizmente não encontrei por aqui.

De Verona trouxe apenas o vinho, e tomei ele acompanhado com o risoto que fiz, inspirado em um que provei numa pequena Osteria. O original era Risotto al Radicchio e Tastasale, a carne de porco moída e temperada que é usada para fazer salame. Como não encontraria por aqui, adaptei para Salsiccia, linguiça em italiano. A receita está aqui.

Deixe um comentário