Skip to main content

Bolinho de Batata e Camarão com Maionese de Pimenta Malagueta

Eu não sou de fazer fritura em casa, mas sempre tenho muita vontade. Além de adorar coisas fritas de todos os tipos, quase um vício, acho o preparo delas muito divertido. Fazer a massa, empanar, fritar e tudo mais. Por isso sempre que tenho uma oportunidade legal pra fazer eu aproveito. Esse bolinho em questão é realmente incrível.  Ele é extremamente macio por dentro, com uma casquinha crocante e um recheio cremoso de camarão com requeijão. E para servir, uma Maionese de Pimenta Malagueta que é a perfeição para esse bolinho. Cremosa e picante, o acompanhamento ideal para qualquer fritura de boteco.

Foi minha primeira experiência com bolinhos recheados (até então acho que só tinha feito bolinho de arroz), e foi bem mais fácil que eu imaginei. OK, não é a coisa mais simples do mundo, se você não tem muita experiência com fritar nem um ovo, não aconselho essa receita. Mas para quem já é mais chegado numa friturinha, vá com tudo!

Bolinho de Batata e Camarão com Maionese de Pimenta Malagueta

Rendimento 12 bolinhos

Ingredientes

  • 600 g de batatas
  • 2 col. de sopa de farinha
  • 250 g de camarão, limpos
  • 1 dente de alho
  • um pouco de salsinha
  • algumas colheradas de requeijão
  • ½ xícara de farinha de rosca
  • ½ litro de óleo para fritar (de preferência de canola, milho ou girassol)

para a Maionese de Pimenta Malagueta

  • 1 ovo
  • 1 col. de chá de vinagre branco
  • uma pitada de sal (½ col. de chá)
  • óleo de canola (mais ou menos ½ xícara)
  • 3 pimentas malaguetas em conserva + 1 col. de chá do óleo
  • Comece com a maionese. Quebre o ovo no recipiente do mixer ou do liquidificador, e junte o sal e o vinagre. Bata por alguns segundos, só para misturar, e depois comece a despejar o óleo, com o mixer/liquidificador ligado, muito lentamente, em um fiozinho. Vá fazendo isso, parando e verificando de pouco em pouco, até atingir a consistência de maionese, talvez você use menos óleo, talvez precise de mais. Se estiver muito mole é porque precisa de mais óleo e mais tempo batendo. Assim que estiver no ponto, adicione as pimentas e o óleo delas e bata mais um pouco, para misturar. Prove para ver se está boa de sal e guarde na geladeira até a hora de usar.
  • Para os bolinhos, descasque e corte as batatas em pedaços. Cozinhe até que estejam bem macias. Retire a água e amasse com um espremedor de batatas ou com um garfo, bem amassado. Deixe ela esfriar um pouco enquanto prepara os camarões.
  • Tempere os camarões com sal e pimenta do reino. Pique o alho e a salsinha. Em uma frigideira, aqueça um fio de óleo e refogue o alho por 1 minuto, cuidado para não queimá-lo. Adicione o camarão e cozinhe só até ele ficar rosado. Reserve.
  • Adicione a farinha às batatas e misture com uma espátula até conseguir uma massa bem macia que não gruda muito nas mãos (grudar um pouco é normal).
  • Espalhe a farinha de rosca em um prato fundo.
  • Arrume todos os ingredientes para a montagem dos bolinhos (massa, camarões, requeijão e farinha de rosca).
  • Molhe as mãos antes de fazer cada bolinho, isso ajuda a não grudar.
  • Pegue uma bolinha de massa, aperte com os dedos para achatar e fazer um leve buraco no centro. Coloque uma colherada bem pequena de requeijão e alguns camarões, cuidado para não rechear de mais. Com cuidado, feche o bolinho, apertando levemente com as mãos. Dê uma forma arredondada à eles e passe na farinha de rosca. Assim que estiverem prontos pode levá-los à geladeira até a hora de fritar, isso garante que eles não percam tanto o formato.
  • Aqueça o óleo. Seguindo a técnica da minha mãe, eu sempre coloco um fósforo dentro da panela, assim que ele queimar é porque o óleo está quente (não se preocupe que não vai botar fogo na casa). Separe um prato e forre com papel toalha.
  • Frite alguns bolinhos por vez, com a ajuda de uma escumadeira, virando-os assim que ficarem dourados. Retire e deixe no papel toalha para absorver o óleo.
  • Sirva ainda quente, com a Maionese de Malagueta.
Imprimir