Skip to main content

Eu amo chutney. Por isso decidi fazer aqui as minhas duas versões preferidas. Um doce e suave, outro forte e apimentado. Essa versão aqui é o de Cebola Roxa, pra quem curte um tempero mais doce e menos forte. Se você prefere um chutney mais forte e bem apimentado, ideal pra acompanhar carnes e churrascos, sugiro o de Pimentão.

Esse chutney aqui, como eu disse, é agridoce e bem suave. Com um gosto lindo de cebolas caramelizadas e um toque de canela, ele é perfeito pra comer puro, com fatias de pão torrado. Um aperitivo espetacular. Ele também fica ótimo acompanhando outros pratos, como omeletes e frangos. Mas ele é tão bom que vale a pena comer puro mesmo. A única coisa mais chata da receita é descascar e picar um kilo de cebolas. Por mais que pareça muito, no final elas diminuem muito, mas o que sobra vale a pena!

Chutney de Cebola Roxa

Ingredientes

  • 1 kg de cebolas roxas
  • 2 col. de sopa de azeite de oliva
  • 2 folhas de louro
  • 1 col. de chá de canela em pó
  • ½ xícara (80g) de açúcar mascavo
  • ½ xícara (120ml) de vinagre balsâmico
  • Descasque e pique as cebolas.
  • Aqueça as duas colheres de azeite de oliva em uma panela média e cozinhe as cebolas em fogo baixo, até que estejam bem caramelizadas, com cuidado para não dourá-las ou queimá-las, mais ou menos por 30min.
  • Adicione o louro, a canela em pó, o açúcar mascavo e o vinagre balsâmico.
  • Cozinhe em fogo baixo, misturando de vez em quando, até ele engrossar e ficar com uma consistência de geleia, mais ou menos de 20 a 30 minutos. Cuidado para não queimar.
  • Retire do fogo, espere esfriar algumas horas e transfira para potes de vidro. Guarde na geladeira, por alguns meses.
Imprimir

10 Comentários

  • Sofia disse:

    Vou fazer com certeza! Parece uma delícia e deve ser uma gracinha de dar de presente também!

  • Muniz disse:

    Maravilhoso… qual o rendimento?

    • dalbo disse:

      Oi Muniz. Não sei dizer o peso, mas rende exatamente esse pote da foto cheio, umas duas xícaras mais ou menos. Abraço!

  • Lauro disse:

    Olá, primeiramente parabéns pelo blog, já fiz algumas receitas e realmente são muito boas e bem explicadas, estou com uma dúvida em relação ao chutney, no final vc diz para guardar por alguns meses, tem que guardar ou posso fazer e comer assim que esfrie? Muito obrigadooo

    • dalbo disse:

      Oi Lauro. Que bom que gosta das receitas 😉 Agora sobre esse chutney, pode comer ele logo em seguida sim. Só esfriar e ele já está pronto. Digo pra guardar por meses porque ele dura bastante, e fica cada vez mais gostoso. Mas na hora ele já está ótimo também. Abraço, Angelo

  • Carla disse:

    Hello Angelo,
    E aprimeira vez que uso seu website. Segui a receita do chutney de cebolas roxa, Utilizei cebolas amarelas, dobrei a receita de um kilo para dois kilos e aumentei um pouco o acucar marrom.
    Deliciosa receita eu e meu esposo comemoramos o Domingo de Pascoa com o acompanhamento do chutney no nosso jantar.
    Obrigada!
    Carla

    • dalbo disse:

      Oi Carla. Que legal!!! Que ótimo que deu certo. Fiquei com vontade de fazer esse chutney de novo 😛 Beijo!

  • Henrique disse:

    Prezado, fiz e ficou uma delícia. Estou há tempos procurando uma receita de Chutney de Tomate, possui alguma? Será que posso usar a mesma base?

    Abraço e parabéns pelo site!

    • dalbo disse:

      Oi Henrique. Muito obrigado! Mas vou ficar devendo a receita do Chutney de Tomate. Eu nunca experimentei nenhuma receita, então não posso nem indicar alguma. Mas assim que eu testar uma eu aviso para você e posto aqui. Abraço, Angelo.

Deixe um comentário