Skip to main content

Torta de Frutas Vermelhas e Creme de Baunilha

Uma torta clássica de frutas vermelhas e creme de baunilha. Linda, gostosa, e, de certa forma, simples. Base, recheio e cobertura, nada mais, nada menos.

A base é uma massa podre tradicional, e eu sei que os mais inexperientes e/ou os menos corajosos não vão ter a menor vontade de fazer. Mas tudo bem, se quiser fazer só o creme e servir com as frutas em taças já será uma sobremesa gostosa e bem bonita. Ou então, se ainda quiser fazer, pegue uma forma de vidro e faça a base desse cheesecake aqui, bem mais fácil, e o resultado é ótimo também.

Esse Creme de Baunilha do recheio é excepcional, modéstia a parte. É gostoso, tem uma textura aveludado e não é extremamente doce. As frutas vermelhas azedinhas completam o sabor e são incrivelmente lindas.

Essa é uma receita que sempre faço para o Natal, uma das minhas épocas do ano preferidas. Amo as festas, as comemorações e, óbvio, a comida! Amo ficar pensando e planejando qual será o prato escolhido para eu fazer para cada uma dos eventos que eu vou. Às vezes é complicado, confesso, pois como bom libriano sempre fico na dúvida qual receita escolher entre as centenas de possibilidades que ficam na minha cabeça (e nos meus livros e nos meus sites favoritos e nos meus pins do pinterest). No final, pelo menos nesses últimos anos, as escolhas tem sido bem felizes.

Se você fizer essa receita, ela será, como a minha sempre foi, o centro das atenções da mesa de doces de qualquer festa. Ah não ser que algum exagerado/exibido faça algo tipo um Croquembouche de 10 andares, aí eu lamento, ele ganha.

Torta de Frutas Vermelhas e Creme de Baunilha

Ingredientes

para a Massa Podre

  • 250 g de farinha de trigo
  • 50 g de açúcar de confeiteiro
  • 125 g de manteiga sem sal, gelada
  • 1 ovo
  • alguns punhados de arroz ou feijão

para o Creme de Baunilha (Creme de Confeiteiro)

  • 1 e ½ xícara de leite integral
  • 4 gemas
  • 4 col. de sopa de maisena
  • ½ xícara de açúcar
  • 4 col. de sopa de manteiga sem sal
  • 1 col. de sopa de extrato de baunilha

para a Cobertura

  • 500 g de frutas vermelhas sortidas

Massa Podre

    Método no processador:

    • Em uma potinho, bata o ovo levemente com um garfo e reserve. Coloque a farinha e o açúcar de confeiteiro no processador e pulse algumas vezes para misturar bem. Adicione a manteiga gelada, em cubos, e pulse por 10 segundos, pare e pulse mais 10, repita isso até que a massa esteja bem esfarelada, mas a manteiga ainda esteja em pedacinhos, do tamanho de ervilhas mais ou menos. Adicione o ovo batido e pulse mais alguns segundos por vez, até que a massa comece a formar uma bola, como mágica. Não processe mais que isso, para não deixar a massa muito elástica. Despeje sobre um pedaço de plástico filme, forme uma bola e leve à geladeira por no mínimo uma hora (ou até 2 dias, ou no freezer por alguns meses). Continua logo abaixo…

    Método à mão:

    • Em uma potinho, bata o ovo levemente com um garfo e reserve. Em uma tigela grande, misture a farinha e o açúcar. Adicione a manteiga em cubos e, com as mãos, vá misturando tudo, apertando bem a manteiga entre os dedos, até que ela esteja bem esfarelada e a manteiga em pedacinhos. Adicione o ovo batido e, rapidamente, vá trabalhando a massa até conseguir juntá-la em uma bola. Muito cuidado para não apertar a massa demais, isso deixa ela muito elástica, o que não é bom. Transfira para um pedaço de plástico filme e leve à geladeira por no mínimo uma hora (ou até 2 dias, ou no freezer por alguns meses).
    • Retire da geladeira e separe uma forma de fundo removível, de 26cm ou 23cm. Fatie a massa em fatias de mais ou menos meio centímetro e espalhe sobre a base e laterais da forma, apertando e juntando ela para não ficar nenhuma fresta. Leve ao freezer por no mínimo uma hora (aproveite essa hora para fazer o creme).
    • Pré-aqueça o forno à 180ºC. Retire a forma do freezer, cubra com um pedaço de papel manteiga e despeje os punhados de arroz ou feijão sobre ela, pressionando bem, para fazer peso. Isso garante que ela não irá inflar ou encolher enquanto assa.
    • Leve diretamente ao forno, e asse até que as bordas estejam douradas. Mais ou menos uns 20 minutos, mas pra mim às vezes demora mais.
    • Retire do forno, retire o papel com o arroz/feijão e deixe esfriar até a hora de usar. Guarde esse arroz/feijão em um pote para usar nas próximas vezes.
    • Às vezes acontece, para mim, da massa rachar na base, ainda não entendi o por quê disso, mas não atrapalha em nada na hora de rechear ou de comer.

    Creme de Baunilha (Creme de Confeiteiro)

    • Em uma panela, leve o leite ao fogo médio até ferver. Desligue o fogo e reserve.
    • Em uma tigela, com um batedor de arames bata as gemas com o açúcar e a maisena, até que a mistura fique clara.
    • Lentamente, despeje metade do leite sobre a mistura de gemas, misturando bem. Despeje essa nova mistura dentro da panela, junto com o restante do leite.
    • Leve ao fogo médio e cozinhe, mexendo sempre e muito com um batedor de arames. Não pare de mexer. Ele irá começar a borbulhar lentamente, depois disso, cozinhe por mais uns 2 minutos. Vai ficar bem grosso, com uma consistência linda.
    • Retire do fogo e adicione a manteiga e a baunilha, misture tudo até a mistura ficar bem homogênea e aveludada.
    • Despeje em um pote e cubra com um plástico filme bem colado sobre o creme, para ele não criar uma casca. Leve à geladeira até a hora de usar. Pode guardar lá por até 3 dias.

    Para montar a torta

    • Lave as frutas vermelhas, se usar morangos corte-os ao meio.
    • Retire o creme da geladeira e bata com um batedor de arames para que ele fique cremoso novamente.
    • Recheie a massa (já fria) com o creme e cubra com as frutas vermelhas, começando com os morangos.
    • Guarde na geladeira até a hora de servir.
    Imprimir

    14 Comentários

    • Amanda disse:

      Maravilhosa! Qual o tamanho da forma que você usou? 🙂

    • Marilia disse:

      Parece deliciosa!
      Fiquei com uma dúvida: a massa pode ficar 1h no congelador, ao invés do freezer?

    • Luana disse:

      Maravilhosa!!!

    • raul garcia disse:

      to procurando um processador bom faz um tempo já e nao sei qual comprar.. de que marca é o seu? o que vc acha dele?

      • dalbo disse:

        Oi Raul. O meu é um báscido da Walita, que vem com liquidificador junto. Acho ótimo! Funciona super bem pra tudo que eu preciso. Recomendo. Mas se quiser investir mais então o da Cuisinart ou o da Kitchenaid são maravilhosos!

    • Anônimo disse:

      Olha parece mt bonito,so que tenho uma duvida. Tem que colocar arroz ou feijão dentro da torta??!!!! Desculpa mais pra mim e novo. Agradeço!!

      • dalbo disse:

        Oi! Na verdade é pra colocar o arroz/feijão em cima do papel manteiga que vai em cima da torta, ele serve como peso para a base inflar quando é assada. Depois de assar você joga o arroz fora. Abraço!

    • Priscila Azevedo disse:

      Olá, boa tarde!

      Comprei 400 gramas de frutas vermelhas congeladas e estou a procura de uma receita para usa-las. Super gostei da sua receita, você acha que funcionaria usar as frutas congeladas? Pensei em fazer uma calda com elas. Aceito dicas e sugestões. hahahah

      Desde já obrigada!

      • dalbo disse:

        Oi Priscila. Acho que te respondi no Instagram né? 😉 É só fazer uma calda com elas sem desmanchar muito as frutas que vai ficar uma delícia e bem bonita também. Beijo!

    • Igor Lucas disse:

      Excelente receita! Fui fazer a minha primeira torta (no caso, essa) e a base ficou muitooo boa, toda a minha família gostou, só pequei no creme que ficou um pouco sem gosto (devo ter errado na quantidade de açúcar) hahaha, mas é assim mesmo vivendo e aprendendo.

    Deixe um comentário