Skip to main content

Spaghetti com Favas e Pesto de Hortelã e Amêndoas

Essa receita é um oferecimento para meu Tio Gustavo, que me presenteou com um punhado de favas esse dias, numa visita à família lá no sul. O hobby dele é cuidar da horta do sítio da família, o que ele faz bem pra caramba e sempre se divertindo. Uma visita à estufa do Gustavo é sempre uma alegria, porque sempre saio de lá com algum vegetal de verdade, sem química nem nada, e tabém uma surpresa, por que sempre tem alguma coisa nova ou diferente crescendo por lá. E dessa vez foram as favas, que eu nunca tinha comido nem visto ao vivo, só ouvido falar, então fiquei bem animado.

Para quem não conhece, fava é um legume parente das ervilhas, vagens e feijões. Confesso que são bem trabalhosas para preparar, tem que descascá-las duas vezes, mas valem a pena, o sabor é bem especial. Uma mistura entre uma ervilha e um feijão, mais densa e dura, até lembra um pinhão, mas com aquele sabor fresco da família das ervilhas.

Saí em busca de uma receita interessante e achei essa da Martha Stewart que me deixou realmente entusiasmado. Favas com pesto de hortelã e amêndoas (ela ainda coloca almôndegas de peru, mas achei que não precisava). Já tinha visto pesto de hortelã antes, mas nunca tinha experimentado. É sensacional!! Ele fica muito parecido com o pesto tradicional de manjericão, mas com um sabor mais fresco do hortelã. Eu até fiquei com medo de ficar com muito gosto de hortelã, mas não, o resultado é bem suave. Gostei tanto que já fiz duas vezes em uma semana. Aconselho muito!

E já que não é todo mundo que tem um tio desses que planta favas, e no mercado elas são um tanto quanto difíceis de encontrar, pode substituir por ervilhas ou então fazer só o pesto, que já será uma receita deliciosa, eu garanto!

Spaghetti com Favas e Pesto de Hortelã e Amêndoas
para 4 a 6 pessoas

Como todo pesto, as quantidades podem variar muito, fica sempre ao seu critério. Pode usar mais ou menos amêndoas, mais ou menos hortelã, queijo e até o azeite de oliva. Não tem certo ou errado nessa receita, confie em mim que é bem provável que não importa a proporção que você usar, o resultado será delicioso.

Ingredientes
um punhado/pacote de favas ou ervilhas, frescas ou congeladas
1 maço de hortelã
1 xícara de amêndoas (150gr)
1 punhado de queijo parmesão fresco ralado
1 dente de alho pequeno, descascado
½ a 1 xícara de azeite de oliva
500gr de spaghetti

Aqueça o forno a 180ºC. Coloque a água da massa para ferver e uma panela de água pequena para as favas/ervilhas.

Prepare o pesto: Coloque as amêndoas em uma assadeira e leve ao forno pré-aquecido por uns 10minutos, até que ela estejam levemente tostadas. Retire e deixe esfriar uns minutos, enquanto limpa o hortelã e rala o queijo. No processador de alimentos, coloque o hortelã, as amêndoas, o queijo, o alho e uma pitada de sal e pimenta do reino. Processe até que fique tudo bem picado. Com o processador ligado, comece a despejar o azeite de oliva, aos poucos. Adicione até obter o ponto que você desejar, mais seco ou mais molhado. Transfira para um potinho e cubra com uma camada fina de azeite de oliva, para preservar a cor, e reserve enquanto prepara o restante da receita.

Limpe as favas. Coloque-as na água fervendo, tempere com sal, e cozinhe por uns 3 minutos. Retire, escorra e descasque de novo. Se quiser usar ervilhas cozinhe-as na água ainda congeladas, por 2 minutos. Escorra e reserve.

Salgue a água da massa e coloque o spaghetti para cozinhar. Assim que estiver cozida, escorra, guardando um copo da água, e retorne-a para a panela. Adicione as favas e o pesto e misture tudo. Adicione a água da massa que você guardou, aos pouquinhos, para ela soltar a massa e ajudar a formar um molho, use o tanto que achar necessário. Sirva com queijo parmesão ralado na hora e umas folhas de hortelã fresquinhas.

2 Comentários

Deixe um comentário