Skip to main content

Eis que finalmente aprendi a fazer um feijoada. Depois de tantos anos cozinhando, eu nunca me atrevi a fazer sequer um simples feijão, não sei porque. E agora já parti direto pra feijoada. E uma bela feijoada, completíssima, com tudo que manda a tradição. Isto é, Feijoada, Arroz, Molho de Pimenta, Farofa, Couve e Banana à Milanesa. O mais tradicional banquete do folclore culinário brasileiro. E aprendi com uma cozinheira de mão cheia, a Tais, que me ensinou lá na casa da Maeda.

Por incrível que pareça, e para a minha grande surpresa, não tem segredo e nem é tão complicado assim. Juro! Em menos de duas horas a Tais deixou esse banquete todo pronto. Pra mim feijoada era aquele tipo de prato que precisa de praticamente um dia inteiro no fogão. Estava redondamente enganado. Ela exige sim um ou outro preparativo na véspera, mas continua sendo fácil, na minha opinião. Se você nunca fez nem um ovo frito vai achar um bixo de sete cabeças, óbvio. Mas se você sabe fazer arroz e já fez pelo menos uma carne de panela, um estrogonofe ou um risotto, vai conseguir fazer fácil! Acredite em mim.

A couve, a farofa, o molho de pimenta e a banana à milanesa também não são difíceis. Só ter um pouco de afinidade com a cozinha. O grande ponto é conseguir se entender com o tanto de pratos e tarefas. Então, se estiver animado para fazer o cardápio completo, mas está com medo de como organizar essa dinâmica de 6 pratos diferentes, segue aqui um passo a passo de como a Taís resolveu tudo. O grande ponto é que nas duas fases de cozimento da feijoada você terá bastante tempo para resolver todo o resto. E caso termine a feijoada antes do resto, sem problemas, é só esquentar um pouco depois.

1. Coloque as carnes e o feijão para cozinhar na panela de pressão
2. Pique a couve, passe na água fervendo e deixe escorrendo
3. Faça a farofa até o final, ela não precisa estar quente
4. Empane as bananas e reserve
5. Troque a feijoada de panela e coloque para cozinhar novamente
6. Coloque o arroz para cozinhar
7. Refogue a couve
8. Faça o molho de pimenta
9. Frite as bananas
10. Bom apetite!

Feijoada

Molho de Pimenta

Couve

Farofa

Banana à Milanesa

Feijoada
para 6 pessoas

500gr de feijão preto
1 kg de mistura de carnes para feijoada – paio, linguiça, lombo defumado, costelinha e carne seca
1 cebola grande
4 dentes de alho
um punhado de cebolinha
1 laranja

No dia anterior, coloque as carnes de molho em uma bacia de água. Troque a água umas três vezes até a hora de fazer a feijoada.

Uma hora antes da feijoada coloque o feijão preto de molho em uma bacia de água.

Escorra o feijão e as carnes. Reserve o paio e a linguiça (eles entram na segunda parte do cozimento).

Coloque o feijão, o lombo, a carne seca e a costelinha dentro de uma panela de pressão e complete com água, até alguns dedos abaixo da borda da panela. Tampe e cozinhe por 40min.

Retire do fogo, e enquanto espera a pressão sair, faça a base do tempero da feijoada. Pique a cebola e os dentes de alho. Aqueça alguns fios de óleo em uma panela grande. Adicione a cebola, o paio e a linguiça (que estão crus ainda). Refogue tudo até a cebola começar a dourar. Adicione o alho e refogue mais uns 2 minutos.

Despeje todo o conteúdo da panela de pressão dentro da panela grande.

Tempere com uma pitada grande de sal e adicione a salsinha picada. Corte a laranja em quatro, sem ir até o fundo, e coloque na panela (ela ajuda a tirar a acidez da feijoada).

Deixe cozinhar por mais ou menos 30 a 40 minutos, até que o caldo engrosse. Você pode escolher cozinhar mais até um caldo bem grosso, ou um pouco menos para um caldo mais líquido, a escolha é sua.

Assim que estiver pronto, retire a laranja, prove o tempero e ajuste o sal. Pronto! Sirva com todos os acompanhamentos que tem direito, ou só com arroz mesmo, já é deliciosa o suficiente.

Molho de Pimenta

1 tomate, sem as sementes
1 cebola
1 pimenta vermelha ou dedo de moça, dependendo do seu gosto
1 a 2 conchas do caldo da feijoada (com alguns grãos de feijão também)

Pique o tomate, a cebola e a pimenta e coloque em uma tigela pequena. Se quiser um molho menos picante pode retirar as sementes da pimenta antes de picar. Adicione a feijoada, quanto achar necessário, e misture bem.

Couve

1 maço de couve
2 dentes de alho, picado
1 litro de água fervendo

Retire o caule grosso das folhas de couve e fatie-as finamente.

Coloque a couve em uma bacia e jogue nela a água fervendo. Deixe alguns minutos, até ela murchar e deixe escorrer bem.

Aqueça alguns fios de óleo em uma panela. Adicione o alho e refogue por um minuto.

Adicione a couve e refogue por uns 5 minutos, até que ela esteja cozida mas ainda bem verde e ainda levemente dura.

Farofa

2 col. de sopa de manteiga
200gr de bacon ou pancetta
1 cebola média
um punhado de salsinha
2 xícaras de farinha de mandioca

Pique o bacon, a cebola e a salsinha. Aqueça uma panela grande e adicione a manteiga, o bacon, a cebola e a salsinha, tudo de uma só vez. Refogue até que o bacon e a cebola estejam dourados. Adicione a farinha e refogue até que ela fique tostada. Prove e tempere com sal, conforme necessário.

Banana à milanesa

6 a 12 bananas, conforme preferir
2 ovos
2 col. sopa de leite
1 punhado pequeno de salsinha picada
1 xícara de farinha de rosca
2 col. de sopa de farinha de trigo

Em um prato fundo, bata levemente os ovos, o leite, a salsinha e uma pitada de sal.

Em outro prato misture as farinhas.

Passe as bananas no ovo e em seguida na farinha. Aperte bem para fixar a farinha.

Pode fazer isso mais cedo e deixar reservado até a hora de fritar, despeje a farinha que sobrar no prato por cima das bananas empanadas.

Aqueça uma panela com óleo. Teste com a ponta de uma banana para se certificar que está quente.

Frite as bananas, duas ou três por vez, até ficarem douradas, virando-as algumas vezes para fritar bem de todos os lados.

5 Comentários

Deixe um comentário