Skip to main content

Bolo Gelado de Coco – Toalha Felpuda

Essa é a receita que eu aprendi com a Maeda, que abriu sua cozinha pra mim. Um bolo que vem lá da sua infância, quando ele era famoso nas festinhas infantis, e ficavam escondidos dentro de um “bolo” falso de isopor. O nome vem do coco que vai por cima, e deixa ele com cara de toalha, mas garanto que o gosto não.

Um bolo fácil de fazer e muito, muito gostoso de comer, com gosto de infância, pedacinhos de bolo de coco geladinhos e molhadinhos.

E quem conhece a Maeda vai saber exatamente que essa é a sua casa, porque ninguém mais no mundo poderia ter essas tigelas de coração <3

Bolo Gelado de Coco – Toalha Felpuda

Ingredientes

Para a massa

  • 2 xícaras da farinha de trigo
  • 1 xícara de açúcar
  • 4 col. de sopa bem cheias de manteiga (ou como diz a Jack, colher de mãe)
  • 1 col. de chá de fermento
  • 4 ovos, separados
  • ½ xícara de leite

Para a cobertura

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 "lata" de leite
  • 1 garrafinha de leite de coco

Para montar

  • 1 pacote de coco ralado
  • 1 xícara de leite
  • papel alumínio
  • Pré-aqueça o forno a 180ºC e unte uma forma de bolo com manteiga e farinha.
  • Peneire farinha e o açúcar e reserve.
  • Separe os ovos. Bata as claras em neve na batedeira, e leve a geladeira enquanto prepara o resto.
  • Na batedeira, bata as gemas, a manteiga e a mistura de farinha e açúcar. Bata até ficar com textura de sorvete (parece estranho mas você vai entender).
  • Adicione o leite e bata mais um pouco. Adicione o fermento e bata mais bem pouquinho, só para misturar.
  • Incorpore as claras à mistura do bolo, com uma espátula, bem devagarinho, girando a espátula ao redor da tigela, para não desinflar as claras, isso ajuda o bolo a ficar fofinho.
  • Despeje na assadeira, nivele com a espátula e leve ao forno por 30 a 40 minutos, até que ele fique dourado em cima, e quando espetado com um palito ele saia limpinho.
  • Enquanto o bolo assa, prepare a cobertura e os papéis alumínio.
  • Bata no liquidificador o leite condensado, leite e leite de coco. Reserve até o bolo ficar pronto.
  • Em uma tigela pequena, despeje o coco ralado e misture com a xícara de leite, deixe descansar para hidratar e amolecer o coco.
  • Corte 12 a 15 quadrados de papel alumínio, dependendo do tamanho da sua forma e do tamanho que você quer os pedaços.
  • Assim que o bolo estiver assado, retire do forno e fure o bolo todo com um garfo. Despeje sobre o bolo ainda quente metade da mistura do liquidificador. Guarde a outra metade para depois. Espere o bolo absorver essa cobertura e esfriar um pouco para você conseguir mexer nele.
  • Corte o bolo em quadrados e separe à mão um prato fundo com o resto da cobertura do liquidificador, o coco ralado e os papéis de alumínio.
  • Agora começa o processo de linha de produção. Com a ajuda de uma espátula, pegue um pedaço de bolo, molhe na cobertura de coco, coloque no papel alumínio, cubra com o coco ralado e feche o pacotinho de papel alumínio, bem fechado. Repita com todos os pedaços e leve à geladeira, por no mínimo uma hora, mas quanto mais tempo melhor. E pronto! Ideal para uma festa, para dar de presente, ou para devorar todos de uma só vez.
Imprimir

4 Comentários

  • Ana Paula disse:

    A muito procurava essa receita. Encontrei zilhões na net e até fiz algumas. Mas nada igual em relação à feitura. Perfeito! Agora encontrei!

  • Camila Melo disse:

    Pode ser o açúcar cristal? Ou tem que ser o refinado? Se jogar toda a cobertura do liquidificador de uma vez e não cortar em quadradinhos e embalar o bolo resseca ou alguma coisa? Ou o embrulho é só para a apresentação do prato?

    • dalbo disse:

      Oi Camila. Pode usar açúcar cristal sim. E o embrulho é só pra apresentação mesmo. Pode despejar a cobertura toda sobre o bolo no final e deixar ele na forma. É só cobrir com papel alumínio e deixar na geladeira para ele ficar geladinho 😉

Deixe um comentário