Skip to main content

Cheesecake sem assar com Calda de Frutas Vermelhas

A páscoa vem chegando, e junto com ela aquela montanha infindável de ovos de chocolate de todos os tipos e tamanhos. Por isso mesmo decidi fazer esse post pré-páscoa com uma receita chocolate-free. Uma sobremesa mais para o lado do azedo, e assim ótimo para contrabalancear a overdose de chocolate que você certamente terá.

O cheesecake tem diversas e infinitas receitas, assadas e não assadas, complicadas e não complicadas. E esse que faço é dos fáceis. É um no-bake-cheesecake, ou cheesecake gelado, sem cozimento nenhum. Mais rápido e garanto que tão gostoso quanto.

Essa é uma receita básica de cheesecake, que aprendi com o Jamie Oliver, e acho incrível. Uma combinação perfeita entre uma base doce e crocante, um recheio cítrico e cremoso e uma calda doce-azedinha.

Já reinventei diversas versões e adaptações para essa receita. Teve a de cobertura de goiabada – Cheesecake Romeu e Julieta – e também a versão com uma camada de doce de leite embaixo e coberto com nozes caramelizadas.

Mas decidi contar aqui sobre a minha primeira e mais clássica experiência, com frutas vermelhas. Nesse último que fiz, usei uma calda só de framboesas congeladas. No Brasil as frescas são incrivelmente caras, por isso essas aí são uma ótima opção. Ele também fica ótimo com morangos, blueberrys, amoras ou mistura de todos.

Cheesecake com Calda de Frutas Vermelhas

adaptado de uma receita do Jamie Oliver
O creme de leite pasteurizado é aquele mais líquido, vendido em garrafinhas, que no super mercado fica refrigerado,  perto das manteigas e requeijões. Ele é um pouco mais caro que o normal mas infelizmente é a única opção para essa sobremesa, já que o nosso creme de leite de caixinha ou latinha não tem o percentual de gordura necessário para virar chantilly – 20% contra 35% do pasteurizado. Quem mora no sul tem uma ótima opção também que é a nata, que funciona super bem para isso.
Rendimento 8 a 10 porções

Ingredientes

Para a base

  • 100 g de manteiga sem sal + um pouco para untar a forma
  • 200 g de biscoito maisena

Para o recheio

  • 600 g de cream cheese
  • de xícara de açúcar refinado (150g)
  • 1 col. de chá de essência de baunilha
  • 1 limão siciliano
  • 1 laranja

Para a calda

  • 300 g de frutas vermelhas – framboesa, amora, blueberry, morango ou uma combinação de todas frescas ou congeladas
  • ½ xícara de açúcar refinado (100g)
  • 1 col. de sopa de maisena

BASE

  • Pré-aqueça o forno a 200ºC.
  • Unte uma forma com o fundo removível com manteiga.
  • Triture os biscoitos em um processador ou, se não tiver um, coloque-os dentro de um saco e bata com um martelo, tábua, rolo de massa, panela, etc até que eles estejam bem esfarelados.
  • Coloque a manteiga em uma panela em fogo baixo até derreter, com cuidado para não queimá-la. Despeje a manteiga derretida no processador e bata por alguns segundos até misturar bem. Se estiver fazendo sem o processador, misture com as mãos apertando bem.
  • Despeje tudo na forma e pressione para baixo com uma colher, xícara ou com as mãos, para deixá-la bem lisa. Leve a base ao forno e asse por 15 minutos. Retire do forno e deixe esfriar enquanto prepara o recheio.

RECHEIO

  • Coloque em uma tigela grande o cream cheese, o açúcar e a essência de baunilha. Raspe as cascas da laranja e do limão com um ralador fino e adicione à mistura. Esprema o suco do limão e junte-o também. Misture tudo com um batedor de arames ou colher de pau, até conseguir uma mistura homogênea (isso pode demorar um pouco, se o cream cheese estiver ainda muito gelado).
  • Em uma batedeira, ou com um mixer de mão, bata o creme de leite até o ponto de chantilly – cuidado para não bater demais. Misture metade dele à mistura de cream cheese, depois faça o mesmo com o restante, mexendo com uma espátula até conseguir uma mistura homogênea. Despeje na forma, sobre a base, e alise com a espátula. Leve à geladeira enquanto prepara a calda.

CALDA

  • Se estiver usando morangos, corte-os em pedaços pequenos, o restante das frutas podem ser usadas inteiras mesmo. Misture as frutas, o açúcar e a maisena em uma panela e leve ao fogo alto. Assim que começar a ferver, abaixe o fogo e cozinhe, mexendo sempre com uma colher de pau, até que as frutas se desmanchem levemente e a calda fique com uma cara brilhosa, de 5 a 10 minutos.
  • Deixe esfriar por no mínimo 20 minutos, e despeje sobre a torta, espalhando com uma colher. Leve à geladeira novamente por pelo menos mais uma hora. Quando estiver na hora de servir, tire da geladeira e passe uma faca sem ponta pela borda de dentro da forma, para soltar a torta.
  • Se sobrar, guarde a torta em um pote na geladeira por uns 4, 5 dias. Porém aconselho muito você fazer na véspera de quando quiser servir, pois a base de biscoito fica espetacular no primeiro dia, já depois ela irá ficar cada vez mais murcha, o que não é necessariamente ruim, mas não é o ideal.
Imprimir

6 Comentários

Deixe um comentário